O transporte de cargas frigoríficas é hoje uma das principais responsáveis pelas frotas de caminhões no Brasil, concentrando no meio rodoviário a movimentação de cargas do tipo. É bem verdade que o transporte frigorífico exige cuidados especiais, de natureza técnica, da saúde ao monitoramento das cargas

O transporte frigorífico (também chamado de refrigerado) deve ser com frotas adequadas que garantam a vida útil dos produtos, implementações necessárias em infraestrutura e mobilidade destes caminhões. O processo é longo e vai desde a qualidade das rodovias ao resfriamento e armazenamento. Some a isso bons hábitos de gerenciamento de carga e temos aí um negócio em crescente expansão mas que demanda inteligência tecnológica e um sistema de gestão eficaz em toda a cadeia.

Hoje vamos mostrar os cinco cuidados essenciais para quem trabalha com frota frigorífica:

1) Escolha dos Baús

Baús isotérmicos mostram ser os mais eficazes em transportadoras com veículos refrigerados. O acondicionamento é fundamental para a excelência do processo de logística e distribuição. Por se tratar de cargas específicas, o ideal é que cada veículo da frota transporte com frequência o mesmo tipo de carga. Isso facilita a necessidade de adaptações durante o desenvolvimento do processo. Embalagens, temperaturas ideais e tempo máximo de armazenamento são alguns dos fatores a serem considerados na hora de escolher qual veículo transporta qual carga.

Examine sempre: dimensões do veículo, especificações do isolamento térmico e equipamentos de refrigeração. 

Seu investimento é menor? Também existem opções, como a frota com Multitemperatura. Nela, o transporte refrigerado é distribuído a partir de cargas compartilhadas, ou seja, um único veículo com divisões internas e equipamentos que asseguram o controle de temperatura em cada compartimento. 

2) Legislação

O transporte de cargas frigoríficas é bem específico, e essa especificidade ocorre também na parte das leis brasileiras, para cumprir as obrigações do segmento e executar os serviços com excelência. Afinal, entregar produtos perecíveis dentro de prazos estipulados exige uma série de normas, principalmente da Agência Nacional de Viglância Sanitária (ANVISA). As exigências vão desde o produto em si ao uso de registradores de temperatura nos caminhões, então é sempre importante estar atento e com toda a regulamentação em dia.

Para o transporte frigorífico a sua empresa deve obter licenças específicas de diferentes órgãos (municipais, estaduais e federais), então avalie sempre e considere toda a infraestrutura necessária para a logística. Isso vale também para a sua consultoria em legislação, conte sempre com a opinião de um especialista. 

3) Determine suas rotas

O item número três é na verdade uma combinação dos itens 1 e 2. Se a sua frota está adaptada e você já está de acordo com toda a legislação vigente necessária, é importante traçar a sua rota de maneira contínua, afinal, existem leis para cada parte do Brasil, e isso vai fazer parte da sua estratégia na gestão das rotas oferecidas pela empresa, para cumprir sempre as necessidades de entrega e distribuição, respeitando prazos.

4) Gestão de Pessoas

O transporte refrigerado precisa de profissionais responsáveis que sejam treinados para a função específica. Por isso é importante contar com motoristas qualificados para o cuidado com os produtos. A sua equipe deve ser capaz de identificar qualquer desvio, erro ou falha no gerenciamento das cargas frias ou congeladas. 

Ter boas práticas para a adequação das normas é essencial, por isso, tenha constante monitoramento, principalmente durante os processos de manuseio e armazenamento. Equipamentos também devem ser considerados , como os de proteção individual, que são obrigatórios para a realização das atividades em um armazém frigorífico. Ficar sempre de olho ao acesso de motoristas e desempenho de funções é uma maneira de evitar avarias na sua carga.

 5) Tecnologia

A tecnologia integra a maioria dos serviços de frotas e já é praticamente impossível dissociar o controle online da gestão logística. Você já deve contar com um Software de Gestão para o controle da sua frota, certo? 

No caso do transporte frigorífico é essencial manter o máximo de dados e informações possíveis, para que a sua tomada de decisões seja a facilitadora a partir da identificação das necessidades reais da sua frota. 

Se você tem um sistema de software de gestão da frota, com monitoramento de carga e veículo, pode integrar também o CTA Smart no processo. Em nosso site é possível você fazer um orçamento e já verificar com a nossa equipe se o nosso sistema é adaptável ao seu ERP. Assim, você conta com toda a tecnologia disponível para realizar o melhor serviço de acordo com as necessidades do seu negócio.

Nossa solução faz a mensuração do consumo de combustível e integra outros dados que você extraia do seu sistema. O CTA Smart é uma solução de alta eficácia e aumenta ainda mais o  seu controle na gestão da frota. Conheça mais do CTA Smart e converse com a gente, ajudamos a integrar toda a sua operação ao nosso serviço, trazendo mais confiabilidade para a sua gestão no transporte de cargas refrigeradas

marketing CTA SMART
Coo