Caminhões de carga: quais utilizar para realizar o transporte?

Escolher o melhor caminhão para realizar o transporte de cargas requer uma estratégia que abrange diversas frentes, sendo assim, os gestores de frota precisam planejar para obter sucesso.

Escolher o caminhão ideal para transportar a sua carga requer estudo e planejamento, pois é necessário saber se o modelo escolhido atende a necessidade da carga, o consumo de combustível do veículo, o treinamento adequado do motorista e a frequência da manutenção.

Dessa forma, se a sua empresa transporta cargas a granel, carga pesada, carga líquida ou alguma outra, deve se atentar no momento da aquisição dos equipamentos.

Preparamos uma relação dos veículos ideais para transportar cada tipo de carga.

Boa leitura.

Diferenciando os tipos de caminhão de carga

Quando falamos do setor de transporte de cargas, temos atualmente uma ampla variedade de modelos de caminhões, cada um adequado a um determinado percurso ou carga específica.

De forma simples, alguns modelos são mais apropriados para áreas urbanas em que o desgaste é menor, enquanto outros caminhões são recomendados para viagens longas em rodovias pelo Brasil, enfrentando as mais diferentes condições durante o seu trajeto.

A seguir, vamos falar sobre os principais modelos de caminhões, incluindo suas funcionalidades e capacidades de carga, levando em consideração as suas diferentes dimensões.

Além disso, é de grande importância compreender as necessidades logísticas da sua empresa para adquirir o caminhão adequado, garantindo assim segurança e eficiência no transporte.

Vale reforçar que uma escolha inteligente evitará desperdícios de capacidade ou sobrecarga do veículo, sendo importante analisar se o modelo do caminhão é adequado ao percurso da carga.

É importante ressaltar que a circulação de muitos caminhões é proibida nas áreas urbanas e, quando necessário, é preciso obter uma autorização especial das autoridades municipais.

Por fim, conheça alguns modelos de caminhões e saiba as principais diferenças entre eles:

Tipos de caminhão para carga pesada e médio porte

Confira a relação de alguns tipos de caminhões para transportar carga pesada e médio porte.

3/4 ou VUC (Veículo Urbano de Carga)

O caminhão de tamanho reduzido, também chamado de VUC, é amplamente recomendado para operações em ambientes urbanos.

Além disso, esse veículo possui regulamentações rigorosas em relação às emissões de poluentes, contribuindo assim para a preservação do meio ambiente.

Suas dimensões devem estar dentro dos limites de 2,2 metros de largura e 6,3 metros de comprimento. Além disso, esse caminhão tem uma capacidade de carga de até 3 toneladas.

Toco (caminhão semipesado)

Esse modelo de caminhão é equipado com dois eixos na carroceria, um na parte dianteira e outro na traseira.

Ele tem a capacidade de transportar cargas de até 6 toneladas e apresenta um comprimento máximo de 14 metros. O peso total do veículo, incluindo a carga, pode atingir 16 toneladas.

O caminhão toco é amplamente utilizado como veículo de transporte em mudanças, para o transporte de cargas secas e para uma variedade de cargas em geral. Além disso, ele é frequentemente empregado como caminhão basculante para transportar areia, pedras e terra.

Truck

O caminhão do tipo Truck, também conhecido como caminhão 6×2, apresenta um comprimento idêntico ao do caminhão toco. No entanto, ele se distingue por ter um eixo duplo na carroceria.

Um dos eixos é responsável por receber a força do motor, o que resulta em um desempenho aprimorado do veículo, permitindo assim o transporte de cargas mais pesadas, variando de 10 a 14 toneladas.

É possível realizar o transporte através de containers. Nesse caso, o mais indicado é a utilização de carretas, bitrem e rodotrem.

O peso total do caminhão trucado pode atingir até 23 toneladas, por isso, esses modelos de caminhões são capazes de comportar grandes quantidades de carga.

Cavalo Mecânico Simples e Trucado

Podemos classificar esse caminhão em 2 categorias, o simples e o trucado, cada um com as suas particularidades.

No modelo cavalo mecânico simples, as carretas são em duas partes principais, sendo a primeira conhecida como cavalo mecânico, que inclui a força do motor e abriga a cabine, o motor e as rodas de tração. 

Por meio de uma conexão, o veículo é capaz de transportar uma variedade de semirreboques, proporcionando ao motorista de caminhão autonomia e flexibilidade em seu trabalho.

No caso do modelo mecânico trucado, também chamado de caminhão extra-pesado, ele possui duas rodas de tração com um único eixo. Esse tipo de caminhão pode ser acoplado a diferentes tipos de carretas e semirreboques.

Caminhão Bitrem

O modelo de caminhão bitrem também é conhecido por treminhão, tendo como sua característica uma extensão de 7 eixos.

Se você pretende levar cargas pesadas, esse modelo suporta até 57 toneladas de peso, sendo capaz de tracionar dois semi-reboques.

Caminhão Rodotrem

O rodotrem é um dos maiores tipos de caminhão para carga pesada, sendo ideal para gestores de frota que precisam transportar grandes volumes.

O modelo tem dois semi-reboques e suporta até 74 toneladas de peso bruto, tendo no total 9 eixos de sustentação.

Diferenças entre o Bitrem e o Rodotrem

O bitrem e o rodotrem têm 9 eixos, mas se diferenciam na forma de conexão. Dessa forma, o bitrem usa um engate do tipo B, enquanto o rodotrem utiliza um dolly. 

Assim, o bitrem tem duas articulações, utilizando a quinta roda do caminhão e quinta roda entre os dois semirreboques.

Já o rodotrem possui três, sendo elas a quinta roda do caminhão e outro engate dianteiro do dolly, tendo também a quinta roda do mesmo.

Como realizar a manutenção dos meus caminhões de carga?

É importante saber que independente do caminhão utilizado para transporte de cargas, é necessário fazer a manutenção periódica dos caminhões.

Para realizar a manutenção dos caminhões de carga, você deve se atentar para as instruções contidas no manual do equipamento e agendar uma rotina de revisões do veículo.

Realizar a gestão do abastecimento interno de combustível com soluções inteligentes, também faz parte da estratégia de manutenção dos equipamentos, evitando futuros prejuízos à empresa.

Para saber um pouco mais sobre a legislação de caminhões de carga, veja no site da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)

Quer preservar a vida útil da sua frota de caminhões e evitar prejuízos com o abastecimento de combustível? Fale com a CTA Smart

A CTA Smart desenvolve a melhor automação de combustível para otimizar a gestão de combustível de grandes empresas e gestores de frotas. Através delas é possível analisar métricas coletadas diretamente do equipamento de combustível e armazenar os dados na nuvem.

Dessa forma, é possível ter o controle de cada litro abastecido e gerar relatórios precisos com as informações de consumo de combustível.

Fale com a CTA Smart, nosso time comercial está pronto para te ajudar.

Posts Relacionados

Segurança e controle: como a automação da CTA Smart contribui na Gestão de Abastecimento Gestão de Frota

Segurança e controle: como a automação da CTA Smart contribui na Gestão de Abastecimento

A automação na gestão de abastecimento interno representa um avanço na administração da frota. Com o sistema, a sua empresa terá maior segurança e controle do diesel utilizado […]

CONTINUE LENDO
Como a Gestão de Abastecimento do Caminhão Comboio Impacta na Produtividade Gestão de Frota

Como a Gestão de Abastecimento do Caminhão Comboio Impacta na Produtividade

Descubra como a tecnologia de automação pode impactar positivamente na gestão de abastecimento por caminhão comboio. 

CONTINUE LENDO

Inove a gestão da sua frota e começa a economizar diesel Hoje mesmo

FAÇA UM ORÇAMENTO