Entenda por que o mundo não consegue produzir diesel suficiente

A mais recente análise da Bloomberg aponta para um dilema comum nas refinarias de petróleo em todo o mundo. A produção insuficiente de diesel emergiu como um ponto crítico, desencadeando uma nova onda de preocupações inflacionárias. O combustível a base de diesel, que é essencial para impulsionar não apenas o transporte, mas também a indústria, tem enfrentado uma série de desafios complexos nos mercados globais.

Enquanto os preços do petróleo continuam a subir, o diesel está liderando a corrida com aumentos exponenciais, com os preços atingindo patamares impressionantes. Nos Estados Unidos, os valores ultrapassaram a marca de US$ 140, alcançando o pico histórico para esta temporada. Já na Europa, houve um salto de 60% desde o verão, gerando um impacto considerável em várias indústrias e economias.

A situação é agravada pelas ações recentes da Arábia Saudita e da Rússia, que optaram por restringir a produção do petróleo mais rico em diesel. Essas medidas, anunciadas como uma extensão a longo prazo, ameaçam agravar ainda mais a já precária situação do mercado. “Estamos em risco de ver uma continuação da escassez no mercado, especialmente para destilados, nos meses de inverno”, alertou Toril Bosoni, da Agência Internacional de Energia (AIE), destacando a crítica escassez do combustível vital.

Como fica a situação das refinarias com a redução do diesel?

Ainda de acordo com a matéria publicada na Bloomberg, a escassez tem deixado as refinarias em uma posição desafiadora, já que a produção foi afetada por uma série de fatores, incluindo o calor excepcional do último verão, que forçou muitas instalações a operar em ritmo reduzido. 

A pressão adicional para priorizar a produção de outros produtos essenciais, como querosene de aviação e gasolina, também tem desempenhado um papel crucial, conforme observado por Callum Bruce, analista do Goldman Sachs (GS).

Esses desafios se desdobram em um contexto mais amplo, em que muitas refinarias menos eficientes foram desativadas durante a pandemia. Agora, com a demanda em ascensão, a falta de capacidade de produção está se tornando cada vez mais evidente. No entanto, há uma luz no fim do túnel, já que a expectativa é de que as restrições sazonais diminuam com a chegada dos meses mais frios do inverno, potencialmente aliviando a pressão sobre o mercado.

Apesar dessas expectativas, as preocupações persistem em relação ao fornecimento de importantes nações exportadoras de diesel, como a Rússia e a China. Restrições adicionais e volumes limitados de exportação estão aumentando as tensões no mercado, com os estoques globais de diesel atingindo níveis historicamente baixos.

Essa crise de oferta tem implicações econômicas significativas, especialmente para setores dependentes de transporte de longa distância. O aumento dos preços do diesel inevitavelmente resulta em custos mais altos para as empresas e, em última instância, para os consumidores finais. 

Por fim, Clay Seigle, diretor de serviços de petróleo global da Rapidan Energy Group, alertou para os possíveis efeitos negativos que tais aumentos podem ter sobre a economia, destacando o risco potencial de retrocessos no progresso econômico recente.

Quais opções de combustível além do diesel?

Tendo em vista que o mundo passa por uma crise na produção de diesel, a melhor alternativa seria procurar opções viáveis para realizar a substituição. Veja algumas das opções disponíveis e que se tornam mais sustentáveis para o meio ambiente?

1) Combustível elétrico: veículos elétricos estão se tornando cada vez mais populares, especialmente em áreas urbanas, devido à sua menor pegada de carbono e custos operacionais mais baixos em comparação com os veículos a diesel.

2) Biocombustíveis: o biodiesel, produzido a partir de fontes renováveis ​​como óleos vegetais e gorduras animais, torna-se uma alternativa atrativa em relação ao diesel convencional, possibilitando a redução das emissões de carbono e a dependência de combustíveis fósseis.

3) Combustível de Hidrogênio: os veículos movidos a hidrogênio usam células de combustível para gerar eletricidade, oferecendo uma opção de combustível limpo que produz apenas água como subproduto, reduzindo as emissões de carbono. Esse tipo de combustível também se enquadra dentro das boas práticas de ESG e se torna uma opção ecologicamente viável.

4) Combustível à base de gás natural: o gás natural é uma alternativa de combustível limpa em comparação ao diesel, além de terem um menor custo para os motoristas. Os veículos movidos a gás natural estão ganhando popularidade, tendo o seu uso incorporado ao cotidiano dos motoristas.

Gestão de combustível: uma arma importante na economia de diesel

A eficaz gestão de combustível desempenha um papel crucial na redução do consumo de diesel, pois através dele é possível implementar uma série de boas práticas no cotidiano da sua empresa. 

Dessa forma, implementar uma rotina de gestão de combustível que envolve o monitoramento detalhado do consumo, detecção da necessidade de manutenção  dos veículos e equipamentos em decorrência do consumo excessivo de diesel e investimento em automações eficientes pode fazer uma diferença substancial.

A automação da CTA Smart é capaz de gerar o monitoramento detalhado do consumo de diesel, possibilitando a identificação dos padrões de consumo e pontos de desperdício, permitindo ajustes precisos para otimizar o uso do combustível. 

Além disso, as práticas de manutenção adequadas, podem garantir o funcionamento eficiente dos veículos, reduzindo assim o consumo de diesel ao longo do tempo.

Emitir relatórios precisos do consumo mensal de combustível também se torna necessário para reduzir o consumo de diesel , pois com uma avaliação precisa das métricas, a identificação dos gastos excessivos será reduzida.

Em conjunto, essas práticas de gestão de combustível não apenas resultam em economia de custos, mas também têm um impacto positivo no meio ambiente, promovendo uma operação mais sustentável e alinhada com as práticas de conservação de energia e redução de emissões de gases poluentes, ficando dentro do conjunto de boas práticas de ESG.

Como reduzir o consumo de diesel na minha empresa?

O mundo passa por uma crise na produção do diesel, dessa forma, implementar uma automação de combustível se torna o braço direito das empresas que desejam reduzir o seu consumo.

Dessa forma, a CTA Smart desenvolveu a melhor automação de combustível, capaz de fornecer os dados de consumo em tempo real e emitir mais de 10 modelos de relatórios para análise.

Dessa forma, gestores de frota serão capazes de reduzir o gasto excessivo de diesel e assim, economizar essa matéria prima que anda em escassez ao redor do mundo.

Fale com o nosso time comercial, estamos prontos para esclarecer as suas dúvidas.

Posts Relacionados

Segurança e controle: como a automação da CTA Smart contribui na Gestão de Abastecimento Gestão de Frota

Segurança e controle: como a automação da CTA Smart contribui na Gestão de Abastecimento

A automação na gestão de abastecimento interno representa um avanço na administração da frota. Com o sistema, a sua empresa terá maior segurança e controle do diesel utilizado […]

CONTINUE LENDO
Como a Gestão de Abastecimento do Caminhão Comboio Impacta na Produtividade Gestão de Frota

Como a Gestão de Abastecimento do Caminhão Comboio Impacta na Produtividade

Descubra como a tecnologia de automação pode impactar positivamente na gestão de abastecimento por caminhão comboio. 

CONTINUE LENDO

Inove a gestão da sua frota e começa a economizar diesel Hoje mesmo

FAÇA UM ORÇAMENTO