Queda na produção de caminhões: como reduzir prejuízos em sua frota

O setor automotivo está atento à queda significativa de 41,1% na produção de caminhões no mês de abril, gerando um impacto em diversas frentes. 

A situação desperta o sinal de alerta em montadoras, tendo em vista que diversos fatores contribuíram para essa redução, sendo os principais a escassez global de semicondutores e os impactos contínuos que ainda são consequências da pandemia da COVID-19, na cadeia de suprimentos. 

A escassez de semicondutores tem afetado a produção de veículos em todo o mundo, resultando em atrasos e interrupções nas linhas de montagem. Vale mencionar que o setor automotivo não é o único afetado, tendo a área de tecnologia como outra prejudicada pela falta de componente, reduzindo também a produção de periféricos que utilizam os semicondutores como matéria-prima.

Por conta da redução na produção de caminhões, as montadoras estão tomando medidas para enfrentar essa situação desafiadora. Elas estão buscando estratégias de readequação em sua linha de produção, ajustando suas operações para lidar com a falta de componentes essenciais. 

Como consequência, o cenário atual exige um esforço conjunto da indústria automotiva e de seus parceiros para superar os obstáculos até que a produção seja normalizada. 

As montadoras estão trabalhando em estreita colaboração com os fornecedores para mitigar os impactos da escassez de semicondutores e estão investindo em medidas de longo prazo para fortalecer suas cadeias de suprimentos.

Comprar caminhões nesse exato momento pode ser um processo mais complicado devido à escassez  de material e os valores praticados. Sendo assim, como os gestores de frota podem reduzir custos e evitar que caminhões apresentem problemas? Sua empresa precisa tomar medidas para equilibrar as contas? 

Veja nesse artigo as melhores formas de aproveitar os recursos da sua empresa e reduzir custos. Boa leitura.

Realizar manutenções aumenta a vida útil da minha frota de caminhões?

Tendo em vista que houve uma redução na produção de caminhões, gestores de frota precisam garantir que os veículos existentes dentro da sua empresa estejam funcionando de forma adequada. Por isso, é de extrema importância garantir a segurança dos motoristas e passageiros através de manutenções regulares.

Através delas, será possível identificar e corrigir problemas mecânicos antes que se tornem mais graves, evitando avarias, atrasos e reduzindo os custos de reparo. Saiba quais tipos de manutenção a sua frota de caminhão pode fazer.

Manutenção Preventiva

A manutenção preventiva é realizada de forma programada e o ideal é que ela seja feita regularmente. O seu objetivo é evitar falhas e minimizar o desgaste dos componentes. 

Dentro desse tipo de manutenção podem ser realizadas inspeções, substituições de peças e ajustes de acordo com a necessidade. A manutenção preventiva ajuda a identificar problemas antes que eles se tornem mais graves, reduzindo custos com reparos e minimizando o tempo de inatividade dos veículos.

Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva, como o nome já sugere, é feita quando se torna necessário realizar algum tipo de reparo após a ocorrência de uma falha ou problema em componentes do caminhão. 

Dentro de um cenário ideal, a manutenção corretiva deve ocorrer com menos frequência, pois geralmente é realizada quando a operação precisa ser interrompida, o que pode gerar atrasos e prejuízos. Por isso, a manutenção preventiva pode ajudar a reduzir esse problema.

Manutenção Preditiva 

Quando falamos de manutenção preditiva, nos referimos a tipos de ações baseadas em monitoramento e análise de dados em tempo real. Esse tipo de manutenção utiliza sensores e sistemas de monitoramento responsáveis por reunir informações sobre o desempenho dos componentes do caminhão. 

Dessa forma, através de análises, é possível identificar padrões, tendências e possíveis falhas futuras. Com isso, a manutenção preditiva permite que os gestores de frotas sejam proativos, realizando reparos e substituições de componentes antes que ocorram falhas, reduzindo custos e tempo de inatividade.

Manutenção Detectiva 

A manutenção detectiva é realizada por meio de inspeções regulares e testes para identificar problemas ocultos ainda em estágio inicial, nos componentes do caminhão. 

O objetivo é realizar uma análise detalhada para encontrar falhas que não são facilmente detectadas pela manutenção preventiva ou preditiva. Dessa forma, as empresas podem se antecipar e evitar maiores prejuízos.

Como consigo preservar minha frota de caminhões com gestão de combustível?

Dentro de um cenário em que existe uma queda na produção de caminhões, torna-se importante realizar a gestão de combustível de maneira inteligente.

Gestores de frota que investem em automação para controle do combustível utilizado na empresa, tendem a economizar recursos. 

Através dessa ação, é possível ter assertividade no momento da compra, avaliar o desempenho do caminhão através do seu consumo, definir qual combustível utilizar para determinados modelos e fazer o acompanhamento em tempo real de todas essas métricas.

Vantagens da gestão de combustível automatizada

Quando falamos de uma gestão de combustível eficiente, precisamos olhar para a empresa de uma forma ampla. 

Essa ação vai muito além de observar quantos litros cada veículo consome, na verdade, é possível identificar padrões de comportamento dos funcionários ao analisar o desempenho através de dados precisos e implementar estratégias para reduzir o consumo desnecessário. 

Em tempos de escassez de recursos para a produção de novos caminhões, é importante preservar o uso dos equipamentos e otimizar o uso dos recursos financeiros.

Vale mencionar, que ao entender qual o melhor combustível a ser utilizado para o seu caminhão as chances dele apresentar problemas são reduzidas.

Qual a melhor solução para gestão de combustível?

A sua empresa já pensa em medidas para reduzir custos e obter melhores resultados através de uma gestão de combustível eficiente?

A CTA Smart desenvolveu a melhor automação para gestão de combustível disponível no mercado, possibilitando aos gestores de frota o controle total do consumo realizado.

Por isso, a nossa solução disponibiliza diversos modelos de relatórios para que haja uma análise precisa e em tempo real de métricas, utilizando informações coletadas diretamente das nossas próprias bombas de abastecimento.

Os gestores de frota têm uma rotina bastante agitada e precisam otimizar seu tempo, eliminando tarefas manuais. Com nossa solução, eles podem monitorar o consumo de diesel de seus equipamentos, identificando o melhor momento para novas aquisições ou para traçar estratégias com base no consumo.

Tenha acesso a todas as informações a partir de qualquer dispositivo e prepare sua frota para obter o melhor desempenho e redução de custos.

Entre em contato com nossa equipe comercial, estamos prontos para ajudá-lo.

Posts Relacionados

4  Desafios da Gestão de Combustível em Construção Civil Gestão de Frota

4  Desafios da Gestão de Combustível em Construção Civil

Em empresas do setor da construção civil, o consumo mensal de combustível é altíssimo. Para que tenha uma base, as organizações usam mensalmente 50 mil, 150 mil e […]

CONTINUE LENDO
Gestão de Abastecimento: Automação x Manual Gestão de Frota

Gestão de Abastecimento: Automação x Manual

A automação na gestão de abastecimento da frota de veículos traz muitas dúvidas, principalmente quando comparada com a forma manual. Isso porque o controle do abastecimento interno tem […]

CONTINUE LENDO

Inove a gestão da sua frota e começa a economizar diesel Hoje mesmo

FAÇA UM ORÇAMENTO